14/11/2016 às 11h13min - Atualizada em 14/11/2016 às 11h13min

Concurso de Diamante é suspenso por suspeita de irregularidade na PB

Fala-PB

 
O concurso para a prefeitura da cidade de Diamante, no Sertão da Paraíba, foi suspenso por suspeita de irregularidades. Uma ação popular surgiu depois que candidatos suspeitaram de irregularidades durante a aplicação e a divulgação do resultado das provas. As denúncias foram encaminhadas ao Ministério Público e nesta semana uma liminar suspendeu a prova e o resultado do concurso.
 
O Portal G1 tentou entrar em contato com a empresa responsável pela aplicação das provas, mas as ligações não foram atendidas.
Entre as denúncias estão a aprovação de parentes da prefeita da cidade e de oito, dos nove secretários municipais de Diamante. A ação popular com pedido de liminar foi acatada pelo juiz da 1ª Vara da Comarca de Itaporanga.
A prefeitura municipal de Diamante nega qualquer tipo de irregularidade. “A denúncia se baseou em inverdades. A prefeitura nega categoricamente a existência de qualquer irregularidade, desde a realização do início da contratação da empresa até a etapa final do concurso”, rebateu Idelfonso Teixeira, secretário de administração da cidade.
Para Taciano Ventura, candidato reprovado para a vaga de agente comunitário de saúde, o caso precisa ser investigado.  “Na minha opinião [a prova] foi aplicada num período eleitoral, já é uma forma errada. E a respeito do pessoal que passou e deixou de passar, as autoridades têm que tomar as providências”, disse.
Para os aprovados, o concurso foi justo. “Onde eu pude observar, na sala de aula onde eu estive, eu vi um rigor da empresa, não vi nenhum tipo de facilitação, pelo menos até onde meu campo visual pode alcançar”, declarou Leandro Juca Rodrigues, candidato aprovado.

 

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »