10 abr 2024 – Notícias

Julia Cavalcanti

Júlia Cavalcanti — Foto: Divulgação

A 2ª Vara do Tribunal do Júri da Capital decidiu que a mulher acusada de matar a filha de 1 ano a facadas em João Pessoa será levada a júri popular. O crime, que ocorreu em outubro de 2023, no bairro do Geisel, chocou a população pela brutalidade do ato.

Eliane Nunes da Silva, de 27 anos, se entregou à polícia e confessou o crime durante o interrogatório. A juíza Aylzia Fabiana Borges Carrilho, responsável pela decisão, pronunciou a ré por homicídio qualificado, considerando a brutalidade do crime e o fato de ter sido cometido contra uma menor de 14 anos e pela própria mãe da vítima.

O advogado de defesa da acusada afirmou que irá recorrer da decisão em relação à qualificadora de motivo torpe e vai pedir novamente que Eliane Nunes aguarde o julgamento em liberdade.

O crime ocorreu após uma discussão da mãe com o pai da criança, em processo de separação. Eliane desferiu mais de vinte golpes de faca na região do abdômen, costas e pescoço da filha dentro do berço.

A justiça também decidiu que a ré deve permanecer presa preventivamente pela gravidade do crime e a periculosidade social da acusada.

 O POVO PB

Acompanhe as notícias do POVOPB pelas redes sociais: Instagram e Twitter.


source
Fonte ; O PovoPB

Ouça a Rádio Piranhas FMRádio Piranhas FM pelo RadiosNet. #OuvirRadio