O grupo musical Menudo anunciou, na noite de segunda-feira (8), a morte de Adrián Olivares, um de seus integrantes da década de 1990. O cantor mexicano tinha 48 anos e foi integrante da banda de Porto Rico por três anos, fazendo parte da terceira fase do Menudo. Ele chegou a vir para o Brasil durante a divulgação do disco “Os Últimos Heróis”.

O anúncio da morte foi feito por meio do Instagram oficial do grupo. “Relembrando Adrián, o 23º integrante do Menudo, que trouxe alegria a muitos entre 1990 e 1993. Ele nasceu em 02/06/1976, seu legado viverá para sempre em nossos corações”, escreveu o perfil.

O cantor foi diagnosticado há uma semana com doença de Chron, uma síndrome gastrointestinal crônica grave, que atinge as paredes do intestino e é fator de risco para o câncer. O artista passou por uma cirurgia e teve complicações, que ocasionaram na morte. A informação foi dada por amigos do músico, e compartilhada por ex-integrantes do grupo musical.

Também ex-Menudo, Sérgio Blass publicou uma foto antiga ao lado de Adrián: “Voe alto, irmãozinho. E muita força para sua família. Você sempre foi maduro para sua idade e seu carisma era inigualável. Você sempre será um dos bons e para sempre viverá no nosso coração“, disse o artista.

Continua depois da Publicidade

Robert Avellanet, companheiro de Adrián no Menudo nos anos 1990, publicou uma foto do rosto do amigo e disse ainda estar em choque com a notícia. “Força para sua família. Feliz transição para a sua alma. Sempre me lembrarei do seu grande senso de humor. Encontramo-nos lá, irmão. Descanse em paz, Adrian“, disse o cantor.

Antes de morrer, Adrian estava trabalhando em um podcast para uma rádio mexicana. O cantor deixa três filhas.



Siga a Hugo Gloss no Google News e acompanhe nossos destaques


source
Fonte : Hugo Gloss

Ouça a Rádio Piranhas FMRádio Piranhas FM pelo RadiosNet. #OuvirRadio