Como você se sentiu com o conteúdo dessa matéria?

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Aloizio Mercadante.
O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Aloizio Mercadante.| Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil.

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Aloizio Mercadante, informou nesta segunda-feira (7), que a instituição e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) irão liberar o investimento de US$ 900 milhões, o que equivale a quase R$ 4, 5 bilhões, para micro, pequenas e médias empresas da Amazônia brasileira. O valor deve começar a ser liberado a partir de outubro. A informação foi dada ao Poder 360.

O acordo foi anunciado na Cúpula da Amazônia, que ocorre nesta semana, em Bélem, junto com a ministra do Planejamento, Simone Tebet, e o presidente do BID, Ilan Goldfajn.

O investimento precisa ser aprovado pela Comissão de Financiamento Externo (Cofiex), ligada ao Planejamento, para garantir a entrada dos recursos no Brasil. Sendo aprovado, é encaminhado ao Senado.

Na avaliação do ministro Mercadante, o acordo não deve enfrentar “dificuldade”de ser aprovado no Senado. “Não vai ter dificuldade pelo sentido, pela convergência. Acho que não tem polêmica e divergência. Então, acho que nesse semestre, mais para outubro, no máximo novembro, vamos liberar. Vamos fazer o mais rápido possível”, disse.

De acordo com o ministro, o BNDES usará fundos de garantia da instituição para facilitar a liberação do crédito para os empresários. Os empréstimos deverão cumprir políticas ambientais e sociais do BID.

source
Fonte : Gazeta do Povo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *