Caio Junqueira: Petróleo é o bode na sala da Cúpula da Amazônia

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

O governo está empenhado em apresentar ao mundo a Cúpula da Amazônia.

O evento reunirá representantes dos oito países situados na região amazônica na próxima semana.

No entanto, diversos ministros e diplomatas já estão cumprindo agenda em Belém, no Pará.

O motivo é claro. A Cúpula representa a mais significativa tentativa até o momento por parte de Lula em cumprir uma promessa de campanha de grande importância.

O objetivo é estabelecer uma diplomacia ambiental com resultados concretos.

Este empreendimento não é de maneira alguma simples.

Por exemplo, os dois líderes principais da Cúpula têm opiniões divergentes sobre esse assunto. O presidente da Colômbia, Gustavo Petro, é contrário à exploração, enquanto Lula vê a ideia com simpatia.

As negociações para a declaração final da Cúpula visam evitar abordar tópicos que o governo Lula prefere não discutir.

source
Fonte : CNN BRASIL

Leia Também

Deixe seu Comentário