Campeonato Brasileiro: 65% dos técnicos dos clubes da Série A são estrangeiros; veja lista

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Substituto de Vagner Mancini, Fabián Bustos deve ser anunciado, nas próximas horas, como novo técnico do América-MG. Com a iminente chegada do argentino, 13 dos 20 técnicos do Campeonato Brasileiro são estrangeiros até o início da 19ª rodada.

Em 2023, o Brasileirão alcançou uma marca inédita: é a primeira edição em que os gringos são maioria entre os treinadores na divisão de elite do futebol nacional. Para se ter uma ideia, entre 2003 e 2018, somente 17 estrangeiros trabalharam na Série A.

Até a rodada que marca o fim do primeiro turno, o Campeonato Brasileiro tem sete portugueses, cinco argentinos e um uruguaio no comando dos clubes.

Nacionalidade dos treinadores estrangeiros

  • Argentinos: Bustos, Sampaoli, Vovjoda, Eduardo Coudet e Ramón Díaz.
  • Portugueses: Renato Paiva, Bruno Lage, Pedro Caixinha, Pepa, António Oliveira, Armando Evangelista, Abel Ferreira.
  • Uruguaio: Diego Aguirre.

Técnicos gringos do Campeonato Brasileiro 2023

  1. Fabián Bustos – América-MG
  2. Renato Paiva – Bahia
  3. Bruno Lage – Botafogo
  4. Pedro Caixinha – Red Bull Bragantino
  5. Pepa – Cruzeiro
  6. António Oliveira – Cuiabá
  7. Jorge Sampaoli – Flamengo
  8. Juan Pablo Vojvoda – Fortaleza
  9. Armando Evangelista – Goiás
  10. Eduardo Coudet – Internacional
  11. Abel Ferreira – Palmeiras
  12. Diego Aguirre – Santos
  13. Ramón Díaz – Vasco

Gringos demitidos no Brasileirão

Alguns nomes que estão trabalhando no Brasileirão já chegaram, inclusive, a ser demitidos ou cogitados por outros clubes, caso de António Oliveira. Demitido pelo Coritiba, em abril, o português assumiu o Cuiabá — pela segunda vez no ano — em maio.

Sem resultados pelo time mato-grossense, Ivo Vieira foi substituído justamente por António Oliveira.

Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

source
Fonte : CNN BRASIL

Leia Também

Deixe seu Comentário