Confiança de serviços cai em agosto

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

O Índice de Confiança de Serviços (ICS) recuou 0,6 ponto em agosto, para 97,4 pontos, após cinco meses seguidos de alta. 

Segundo especialistas, “o resultado desse mês pode ser enxergado como uma acomodação, influenciado por piora da satisfação dos empresários sobre o momento atual que está relacionado diretamente a uma redução da demanda, sugerindo uma desaceleração da tendência de crescimento que o setor vinha apresentando desde março”. 

Em agosto, a confiança do setor de serviços cedeu em função de uma piora da percepção das empresas sobre o momento atual e das perspectivas em relação aos próximos meses. 

Há uma menor satisfação dos empresários em relação ao volume de demanda atual. 

Por parte das expectativas, há uma influência pessimista em relação à demanda prevista nos próximos três meses. 

Em médias móveis trimestrais, o índice manteve a tendência de alta, ao crescer 1,5 ponto. Nesta métrica, o resultado tem sido disseminado entre todas atividades, apontando a possibilidade de recuperação para o setor, apesar do resultado negativo em agosto. 

Por mais que o ambiente macroeconômico tenha dado sinais mais favoráveis recentemente, o ano de 2023 ainda deve ser desafiador.  

As informações são do Instituto Brasileiro de Economia, IBRE FGV. 

 

source
Por Brasil 61

Leia Também

Deixe seu Comentário