O economista Gustavo Loyola, sócio da Tendências Consultoria e ex-presidente do Banco Central, afirmou nesta sexta-feira (1) à CNN que o resultado do crescimento do consumo de 0,6% no Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre surpreendeu no contexto de restrição de crédito que o Brasil vive atualmente.

Segundo ele, já se esperava um desempenho melhor do consumo por conta das transferências do governo federal e dos programas sociais. Mas, o resultado que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apresentou, veio muito forte.

“O PIB surpreendeu todo mundo. Isso significa uma revisão das projeções para 2023, e certamente com um impulso maior para 2024.”

Pelo lado da oferta, Loyola disse que o desempenho da indústria também chamou a atenção com a alta de 0,9% no PIB, por ser um componente mais volátil.

“Essa é uma questão intrigante, porque nenhum indicador antecedente, inclusive o IBc-Br do BC, mostrava essa melhora. As projeções, os números mensais do próprio IBGE da produção industrial, não traziam essa sinalização.”

Confira a entrevista completa no vídeo acima.

*Produzido por Duda Cambraia. 

source
Fonte : CNN BRASIL

Ouça a Rádio Piranhas FMRádio Piranhas FM pelo RadiosNet. #OuvirRadio