Elon Musk anunciou nesta segunda-feira, 17, na rede social Twitter/X, a antena Starlink Mini, um novo sistema de internet via satélite da SpaceX que promete ser menor e mais acessível.

A revelação veio depois de um site especializado relatar que a SpaceX submeteu documentos à Comissão Federal de Comunicações (FCC) para homologação do dispositivo. A FCC é um órgão similar à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) no Brasil.

+ Leia mais notícias de Tecnologia em Oeste

O objetivo do Starlink Mini é oferecer o mesmo serviço de internet da versão original, mas com custo 50% menor, para beneficiar áreas carentes. Musk assegura que a qualidade não será comprometida e que o dispositivo possui baixo custo de produção.

De acordo com o site oficial, a assinatura mensal do Starlink no Brasil custa atualmente R$ 182. Com o lançamento da versão Mini, o valor da assinatura deve ser reduzido para R$ 92.

A antena do Starlink Mini tem tamanho similar ao de um iPad. Tem medidas de 28,9 cm por 24,8 cm. O roteador Wi-Fi 6 que acompanha o dispositivo suporta velocidades de até 1.300 Mbps.

Na prática, a antena Starlink Mini oferece velocidades de download de até 100 Mbps e upload de 11,5 Mbps, com latência de 23 milissegundos. São números atraentes se forem comparados com outras opções de internet existentes hoje no Brasil.

Musk destacou na rede social que, por metade do preço da versão-padrão, o Starlink Mini permite assistir a múltiplos streams de vídeo em 4K simultaneamente.

Trata-se de um resultado bastante competitivo.

Tal característica promete facilitar o download de grandes arquivos, o que é comparável ao serviço das principais operadoras de telecomunicações no Brasil.

Ainda não foi estabelecida uma data definida para o lançamento do kit Starlink Mini.

source
Fonte : Revista Oeste

Ouça a Rádio Piranhas FMRádio Piranhas FM pelo RadiosNet. #OuvirRadio