Em um relato comovente compartilhado nas redes sociais, a turista brasileira Fernanda Santos e seu marido, o espanhol Vicente Barbera, descreveram a terrível experiência após ela ser vítimas de estvpro coletivo e agressão na Índia, especificamente no distrito de Dumka, Jharkhand, uma área remota do país, na noite de sexta-feira (1º). O casal, que documenta suas viagens pelas redes sociais, foi atacado por um grupo de sete homens que, além de roubar, cometeram atos de vi0lência s3xual contra Fernanda.

“Fomos brutalmente atacados; sete homens me violaram, nos espancaram e nos roubaram”, disse Santos em uma declaração angustiante. “Levaram pouco, mas o objetivo principal era me estuprar. Atualmente, estamos recebendo cuidados médicos e estamos sob proteção policial”, continuou.

Em um vídeo, Fernanda e Barbera exibem as consequências físicas do ataque, com Santos destacando que, apesar das marcas visíveis de violência, a dor física não se compara ao trauma emocional sofrido. “Pensei que íamos morrer. Felizmente, estamos vivos”, expressou ela. Barbera, por sua vez, relatou que os agressores utilizaram um capacete e uma pedra como armas durante o ataque, resultando em ferimentos graves.

Barbera também elogiou os esforços da polícia indiana, que já prendeu quatro dos agressores. “A polícia está comprometida em capturar todos os envolvidos”, informou.

Até o momento do fechamento desta matéria, o Governo Lula não comentou sobre o ocorrido com a brasileira na Índia.


source
Fonte : Hora Brasilia