O Governo Federal reconheceu como território quilombola a Comunidade Remanescente de Quilombo Pitombeira, localizada no município de Várzea, no Seridó paraibano.

A portaria, assinada pelo presidente do Incra, César Fernando Schiavon Aldrighi, foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (20), Dia da Consciência Negra.

A área mede mais de 354 hectares e está localizada às margens da rodovia estadual Anísio Marinho (PB 233), que liga as sedes dos municípios de Várzea e Santa Luzia, na região do Seridó Ocidental da Paraíba.

Os limites e confrontações do território quilombola Pitombeira são: ao norte com as terras de Antônio Marcelino; a leste com a PB 233, Aterro Sanitário do município de Santa Luzia; ao sul com terras de Xixico e João de Bidu; a oeste com terras de Totonho e Efrain Moraes.

O Quilombo Pitombeira já foi certificado como remanescente de quilombo pela Fundação Cultural Palmares. De acordo com dados do IBGE, há 215 pessoas residindo lá, sendo 172 consideradas quilombolas.

source
Fonte: Jornal da Paraíba

Ouça a Rádio Piranhas FMRádio Piranhas FM pelo RadiosNet. #OuvirRadio