O número de jornalistas mortos na guerra entre Israel e Hamas desde 7 de outubro aumentou para 40, de acordo com uma declaração do Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) no sábado (11).

O mais recente a perder a vida foi o fotojornalista Ahmed Al-Qara, morto em um ataque perto de Khan Younis na sexta-feira, informou o CPJ, citando o Sindicato dos Jornalistas Palestinos e o jornal Al-Dostor, com sede no Cairo.

O número de jornalistas mortos é de 35 palestinos, quatro israelenses e um libanês, segundo o CPJ.

Veja também: Jornalista tem 12 familiares mortos em ataque em Gaza

O grupo de defesa do jornalismo afirma que o conflito desde 7 de outubro tem sido o período mais mortal para os jornalistas desde que o CPJ começou a coletar os dados em 1992.

“O CPJ também está investigando numerosos relatos não confirmados de outros jornalistas mortos, desaparecidos, detidos, feridos ou ameaçados, e de danos a escritórios de mídia e casas de jornalistas”, acrescentou o comunicado.

source
Fonte : CNN BRASIL

Ouça a Rádio Piranhas FMRádio Piranhas FM pelo RadiosNet. #OuvirRadio