O cantor João Gomes se pronunciou, através da sua assessoria de imprensa, a respeito das acusações de que teria agredido o primo de 13 anos. A situação veio à tona, neste sábado (1/9), após a página Subcelebrities publicar detalhes de um Boletim de Ocorrências feito pela mãe do adolescente.

De acordo com o documento, divulgado pela página, a prima de João Gomes alega que seu filho foi agredido enquanto morava com o artista. No relato, ela afirma que o menino apanhou tanto do cantor, quanto de um amigo dele.

Através de uma nota oficial, a equipe de João Gomes destacou a “completa distorção da situação com a realidade”. Além disso, informaram que “o comportamento inapropriado e a agressividade do menor já extrapolava o admissível e a consequência do retorno do mesmo aos familiares era decisão tomada”. Por fim, registraram que “aguardarão as formalidades legais e o momento correto para prestar todos os esclarecimentos porventura necessários”.

Confira a nota completa:

“A equipe do artista João Gomes, toma conhecimento oficioso do fato veiculado em alguns perfis de redes sociais e vem a público pronunciar-se no único objetivo de registrar surpresa, pois supostamente decorrente de familiares direto do menor, e destacar a completa distorção da situação com a realidade.

Por respeito à intimidade das partes e, principalmente, do menor, conturbações na convivência e educação do menor vinham ocorrendo, tanto no seio familiar, como na escola.

O comportamento inapropriado e a agressividade do menor já extrapolava o admissível e a consequência do retorno do mesmo aos familiares era decisão tomada.

Nesse contexto, a equipe de João Gomes registra que o artista e seus familiares aguardarão as formalidades legais e o momento correto para prestar todos os esclarecimentos porventura necessários”.

O que diz a prima de João Gomes sobre as agressões

Ao perfil Subcelebrities, a mulher revelou que confiou a João Gomes a responsabilidade de proporcionar uma vida confortável ao filho. No entanto, segundo ela, lamentavelmente não foi a primeira vez que ocorreram incidentes de violência.

“Fiquei ciente de outra ocasião anterior, na qual não houve evidências visíveis, mas recentemente meu filho estava sendo deixado na companhia de outra pessoa, que o tratava de forma desumana, privando-o de alimentação adequada e obrigando-o a acordar nas condições mais adversas para levá-lo à escola. João tinha conhecimento disso e nada foi feito”, relatou ela ao Subcelebrities.

Em outro registro divulgado pela mãe, o menino pede que o cantor não o deixe sob os cuidados de uma pessoa identificada como Matusa. “Estou indo bem na escola, pode perguntar. Só não quero que ele cuide de mim, pode ser qualquer outra pessoa, menos Matusa. Eu prefiro Leleo, confio mais nele.” João Gomes, por sua vez, teria enfatizado a sua confiança nos dois rapazes mencionados pelo adolescente.

A mãe do adolescente relata que, após João Gomes tomar conhecimento de sua intenção de denunciá-lo, ele tem tentado contato com ela. No entanto, por motivos emocionais, ela ainda não conseguiu estabelecer comunicação direta com o cantor.

Segundo a página, a mãe relatou, ainda, um incidente em que o cantor agrediu o adolescente na presença de sua avó, que suplicava para que parasse com a violência. “Se não estava dando certo, era só devolver meu filho, e não fazer essa covardia”, concluiu ela.

source
Por Metrópoles

Ouça a Rádio Piranhas FMRádio Piranhas FM pelo RadiosNet. #OuvirRadio