Kim Jong Un pede que fábricas de armas da Coreia do Norte aumentem produção

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

O líder norte-coreano Kim Jong Un pediu para que as fábricas que fabricam lançadores de mísseis, artilharia e outras armas aumentem a capacidade de produção como uma parte importante do reforço da defesa do país, segundo informou a mídia estatal neste domingo (6).

As inspeções de Kim, que ocorreram de quinta-feira (3) ao sábado (5), incluíram a produção de motores para mísseis de cruzeiro estratégicos e veículos aéreos não tripulados, bem como projéteis para lançadores de foguetes múltiplos de grande calibre e lançadores de transportadores, disse a agência de notícias estatal KCNA.

VÍDEO – Soldado dos EUA é preso ao cruzar fronteira da Coreia do Norte

data-youtube-width=”500px” data-youtube-height=”281px” data-youtube-ui=”internacional” data-youtube-play=”” data-youtube-mute=”0″ data-youtube-id=”grawjF1Hda4″

Suas visitas incomuns a várias instalações de produção de armas durante vários dias ocorrem enquanto Pyongyang se esforça para desenvolver várias armas estratégicas e convencionais e faz exibições proeminentes de uma variedade de armamentos.

A Coreia do Norte testou lançadores de mísseis para projéteis de maior calibre, mísseis de cruzeiro avançados e no mês passado seus mais novos mísseis balísticos, incluindo um que seria intercontinental de combustível sólido.

Kim citou o processamento de precisão aprimorado e automação modernizada na produção de lançadores de mísseis múltiplos de grande calibre, explicou a KCNA.

Ele pediu a produção em massa de “vários tipos de lançadores de armas estratégicas de ponta. Assim, para dar uma grande contribuição para provocar uma revolução no desenvolvimento de novas armas estratégicas do nosso estilo”, expôs a agência.

VÍDEO – Navio petroleiro russo é atingido por ataque de drones na Crimeia

data-youtube-width=”500px” data-youtube-height=”281px” data-youtube-ui=”internacional” data-youtube-play=”” data-youtube-mute=”0″ data-youtube-id=”s11AzL62vIE”

As fotos mostraram Kim disparando diferentes tipos de rifles de assalto, com rajadas de fogo saindo do cano enquanto ele mirava em um alvo.

Cheong Seong-chang, especialista em estratégia política da Coreia do Norte no Instituto Sejong perto de Seul, disse que Kim provavelmente está focado na modernização e inovação técnica de armas que ajudarão a exportação para a Rússia.

Marcando o 70º aniversário do fim da Guerra da Coreia em 27 de julho, Pyongyang realizou um grande desfile militar exibindo seus mais novos mísseis com capacidade nuclear e drones de ataque e espionagem, com o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, e um alto funcionário chinês se juntando a Kim na cerimônia.

Em uma grande exibição de defesa, Kim mostrou a Shoigu mísseis balísticos e o que parecia ser um novo drone.

Os Estados Unidos acusaram a Coreia do Norte de fornecer armas à Rússia para a guerra na Ucrânia, incluindo um número “significativo” de projéteis de artilharia, bem como um lançadores de mísseis para o Grupo Wagner.

A Rússia e a Coreia do Norte negaram essas informações.

Veja também: Ditador da Coreia do Norte apresenta armas a ministro da Rússia

data-youtube-width=”500px” data-youtube-height=”281px” data-youtube-ui=”internacional” data-youtube-play=”” data-youtube-mute=”0″ data-youtube-id=”36SKAc044MQ”

source
Fonte : CNN BRASIL

Leia Também

Deixe seu Comentário