Maior navio de guerra da América Latina chega a Belém para segurança da Cúpula da Amazônia

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Dois navios de guerra da Marinha atracaram em Belém no último fim de semana para reforçar a segurança durante a Cúpula da Amazônia, que reunirá presidentes de países da região na terça-feira (8) e quarta-feira (9).

Um dos navios é o Navio-Aeródromo “Atlântico”, considerado o maior navio de guerra da América Latina, de acordo com informações da Marinha, e fez sua primeira parada na capital paraense.

“O Navio-Aeródromo Multipropósito “Atlântico” é o maior navio de guerra da América Latina. Tem 208 metros de comprimento e 31,7 metros de boca (largura). Foi construído em meados dos anos 90 pelas companhias Kvaerner Govan e VSEL, na cidade portuária de Barrow-in-Furness, Inglaterra. Foi incorporado à Marinha do Brasil em 2018, adquirido da Marinha Real Britânica. É projetado para as tarefas de controle de áreas marítimas e projeção de poder sobre terra, pelo mar e ar. É apropriado para missões de caráter humanitário, auxílio a vítimas de desastres naturais, de evacuação de pessoal e operações de manutenção de paz”, informou a Marinha.

Navio-Aeródromo “Atlântico” ficará aberto ao público na quarta-feira (9)

Tanto o Navio-Aeródromo “Atlântico” quanto a Fragata “Defensora” foram deslocados do Rio de Janeiro. Ambos estarão abertos ao público para visitação gratuita no Porto de Belém, na Avenida Marechal Hermes, no bairro do Reduto (ao lado do complexo Ver-o-Rio). A Fragata “Defensora” (F-41) estará aberta para visitantes até as 17h deste domingo (6), com acesso pelo portão 11 do porto, das 9h às 17h. Já o Navio-Aeródromo Multipropósito “Atlântico” (A-140) poderá ser visitado na quarta-feira (9), com acesso pelo portão 17 do porto, das 9h às 15h.

A Fragata “Defensora” faz parte da Marinha do Brasil desde 1977 e possui 129,55 metros de comprimento, equipada com armamentos, sensores, radares e uma aeronave.

Enquanto isso, o Navio-Aeródromo Multipropósito “Atlântico”, considerado o “maior navio de guerra da América Latina”, tem 208 metros de comprimento, 31,7 metros de largura e integra a Marinha desde 2018.


source
Fonte : Gazeta do Brasil

Leia Também

Deixe seu Comentário