O jornalista Claudio Tognolli morreu, anos 60 anos, na manhã deste domingo, 3. A causa da morte não foi divulgada.

Claudio Tognolli enfrentava problemas de saúde desde 2022. Chegou a ir e voltar para o hospital algumas vezes, em virtude da piora no quadro. Em março daquele ano, por exemplo, os familiares descreveram seu estado de saúde como “gravíssimo”.

O jornalista nasceu em São Paulo, no bairro do Tatuapé, zona leste da capital. Foi um dos fundadores da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji).

YouTube video

Claudio Tognolli escreveu para os tradicionais veículos de comunicação do país, com passagens pela Veja, Folha, Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde e Consultor Jurídico. Na carreira, ganhou os prêmios Esso, Jabuti e o Grande Prêmio Folha de Jornalismo.

Como músico, Claudio Tognolli teve participação no início da banda RPM, de Paulo Ricardo, uma das mais famosas na década de 1980.

YouTube video

Quem era Claudio Tognolli

Era jornalista, escritor e professor universitário brasileiro. Formado pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), Claudio Tognolli tinha um vasto currículo.

Ao longo da carreira, Claudio Tognolli trabalhou em importantes veículos de imprensa brasileiros. Destacou-se por suas reportagens investigativas, especialmente na área de política. Além da atuação no jornalismo, é conhecido por sua carreira acadêmica.

Ele escreveu diversos livros, como Assassinato de reputações — um crime de Estado, Assassinato de Reputações II: Muito Além da Lava Jato, Traidores da pátria: as maracutaias dos Irmãos Batista na JBS, Nome aos bois: A história das falcatruas da JBS, A caixa-preta do BNDES e Laços de sangue: A história secreta do PCC.

YouTube video

+ Leia mais notícias de Imprensa em Oeste

source
Fonte : Revista Oeste