Uma multidão de 1,5 milhões de fiéis se reuniu em Lisboa neste sábado (5) para a vigília da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), presidida pelo Papa Francisco. O número de pessoas presentes na imensa esplanada junto ao Tejo foi divulgado pelo Vaticano, citando uma estimativa das autoridades portuguesas.

 

Ao longo do dia, jovens católicos de todo o mundo chegaram sob o sol quente com suas mochilas e sacos de dormir, prontos para passar a noite até a missa final no domingo. Jorge Bergoglio, de 86 anos, apareceu no “papamóvel” pouco depois das 19 horas nesta vigília com clima de macro-festival, que começou com apresentações de música pop-rock no colossal palco que domina este enorme espaço organizado em um velho lixão.

Em um discurso animado, interagindo diversas vezes com o público, Francisco fez referências ao futebol, aos exames ou aos momentos de crise.

 

 

“Você acha que uma pessoa que cai na vida, que tem um fracasso, que comete até erros pesados, fortes, já está acabada? Não”, lançou aos peregrinos, sublinhando que após qualquer contratempo devem “levantar-se”.

Os organizadores projetavam que a vigília e a missa do domingo de manhã poderiam reunir um milhão de pessoas, como o ponto alto da semana de encontros culturais e espirituais que compõem esta edição do maior encontro católico internacional.

Em uma grande área repleta de tendas, bandeiras de vários países e instalações temporárias, os jovens aguardaram em clima de festa, cercados por ampla segurança.


source
Fonte : Gazeta do Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *