A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado da Paraíba (Ficco) cumpriu, na tarde desse domingo (31/3), um mandado de busca e apreensão na residência utilizada por um homem que foi assassinado com mais de 20 tiros, em 29 de março deste ano, no estacionamento de um shopping em João Pessoa (PB).

A Polícia Federal informou que, no dia do homicídio, as polícias Militar e Civil da Paraíba cuidaram da cena do crime e da perícia no local.

A PM cooperou com o fornecimento de informações à Delegacia de Homicídios, dando conta de que a vítima, identificada como Bruno Gustavo Felisbino (foto em destaque), de 37 já tinha uma extensa ficha criminal em outros estados, com suspeita de pertencer a organização criminosa interestadual.

Um mandado de busca e apreensão foi cumprido no domingo, na intenção de elucidar o crime. “A ação integrada entre as forças de segurança pública continua para se identificar que eventuais crimes podem estar ligados ao homicídio, sendo que a apuração ficará a cargo da Polícia Civil”, informou a PF.

A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado na Paraíba (Ficco) é composta por policiais federais, policiais rodoviários federais, agentes do Senappen, policiais civis, policiais militares e policiais penais do estado da Paraíba

source
Por Metrópoles