O jornalista e pré-candidato a prefeito do Guarujá (SP), Thiago Rodrigues, executado na madrugada desta quinta-feira, 28, havia publicado, nove dias antes de morrer, um vídeo do humorista Léo Lins. Na fala, o comediante lembrou dos “assassinatos políticos” na cidade do litoral paulista e fez uma série de críticas ao cenário municipal. 

+ Leia mais notícias do Politica em Oeste

“A política aqui no Guarujá é um assunto delicado”, citou o humorista, durante a apresentação. “Já teve gente assassinada, disputa pelo poder, e até gente com a mulher no rolo. Guarujá está quase um Game of Thrones.”

YouTube video

A Prefeitura do Guarujá chegou a cancelar uma apresentação de Léo Lins no Teatro Municipal. À época, o município alegou que foram detectados problemas nas instalações elétricas do espaço. O artista, por sua vez, disse que a atitude foi uma censura.

A morte de Thiago Rodrigues 

Thiago Rodrigues
O jornalista, conhecido como ‘Repórter do Povo’, participava de uma confraternização na noite em que foi executado | Foto: Reprodução/Twitter/X

Thiago Rodrigues foi executado na Rua Caraguatatuba, no bairro Paecara, no distrito de Vicente de Carvalho, no Guarujá. O jornalista, conhecido como “Repórter do Povo”, participava de uma confraternização.

Leia maisBandidos fazem arrastão na entrada do Guarujá; assista ao vídeo: “Jornalista pré-candidato a prefeito é assassinado; veja o vídeo”

De acordo com informações da Polícia Militar de São Paulo, Thiago, de 34 anos, deixou a casa de eventos onde ocorria a festa porque foi chamado para ir até a rua. Ele saiu do local acompanhado de um amigo, ainda não identificado. Quando chegou à rua, foi alvo dos disparos feitos por um homem em uma bicicleta.

No local foram encontrados dois projéteis e 13 estojos da munição calibre 9 mm. A polícia informou que houve pelo menos nove marcas de ferimentos no corpo de Rodrigues.

Leia também: “Bandidos fazem arrastão na entrada do Guarujá; assista ao vídeo”

Depois de ser atingido, o jornalista correu por alguns metros, mas caiu logo depois. Com a queda do jornalista, o assassino foi até ele e fez mais disparos. Em seguida, o criminoso fugiu em direção. Ele usava máscara branca, um boné, camiseta e calça.

Thiago Rodrigues havia se filiado recentemente ao partido Rede Sustentabilidade. Em nota, a legenda lamentou a morte dele, que vinha se apresentando como pré-candidato a prefeito do Guarujá.

Leia também: “Pré-candidato a prefeito de Guarujá (SP), jornalista é assassinado a tiros”


source
R7