A Ucrânia apreendeu um navio cargueiro estrangeiro no Mar Negro, na região de Odessa, e deteve o capitão sob suspeita de ajudar Moscou a exportar grãos ucranianos da Crimeia ocupada pela Rússia, informou o Serviço de Segurança da Ucrânia (SBU) nesta quinta-feira (11).

O navio, que não foi identificado, estava viajando sob a bandeira de um país da África Central e atracou repetidamente no porto marítimo de Sebastopol, na Crimeia, para recolher produtos agrícolas “saqueados” ente  2023 e 2024, disse o SBU.

As forças russas ocuparam áreas das regiões agrícolas do sul da Ucrânia no primeiro ano de sua invasão em 2022, e Kiev acusou a Rússia de roubar e destruir seus grãos.

O SBU disse que o capitão e 12 membros da tripulação ajudaram a Rússia a exportar várias toneladas de grãos ucranianos retirados do sul ocupado para o Oriente Médio para venda em nome da Rússia.

“A investigação está em andamento para estabelecer todas as circunstâncias do crime e identificar outras pessoas envolvidas na atividade ilegal”, disse o SBU.

O capitão, cidadão de um país do Cáucaso Meridional, pode pegar até cinco anos de prisão por violar as restrições de viagem que regem os territórios ucranianos ocupados pela Rússia, disse o comunicado.

O centro da região de Odessa desempenha um papel fundamental nas exportações da Ucrânia para o Mar Negro, que foram retomadas sem o consentimento da Rússia depois que Moscou encerrou um acordo mediado pela ONU no verão passado que permitia que Kiev exportasse alimentos durante a guerra com a Rússia.

source
Fonte : CNN BRASIL

Ouça a Rádio Piranhas FMRádio Piranhas FM pelo RadiosNet. #OuvirRadio