11 dicas de como se dar bem no Enem

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023 serão aplicadas em novembro. O candidato pode seguir dicas de como se dar bem no Enem com orientações práticas de como se preparar, organizar um cronograma de estudos, onde encontrar informações importantes e como eleger o  que vai ser prioridade nos estudos.

Alguns estudantes começaram a se preparar no começo deste ano, e outros ainda vão dar início ou vão intensificar a maratona de estudos. Por isso, o Jornal da Paraíba preparou este guia com 11 dicas de como se dar bem no Enem.

Por que vale a pena estudar para o Enem com antecedência?

Quem começa os estudos com antecedência tem mais tempo para se dedicar com mais profundidade aos temas e revisá-los também com mais calma. A prática e a repetição fazem as chances do candidato tirar uma boa nota aumentarem.

Por isso, se houver oportunidade, o ideal é tirar vantagem disso. Um espaço maior de tempo também possibilita que o participante construa uma rotina de estudos mais saudável, inclusive, com tempo sem culpa para o descanso.

É necessário tempo para treinar cada matéria

É preciso ter tempo para estudar cada matéria, levando em consideração que cada disciplina possui inúmeros temas para aprofundamento.

Com tempo para cada disciplina, o estudante pode estudar apenas uma ou duas delas por dia, sem se sobrecarregar por conta da pressa para dar conta de muito conteúdo em pouco tempo.

Aprender com calma é melhor do que decorar às pressas

Decorar pode até ser uma das dicas de como se dar bem no Enem, mas não é a mais eficaz. Quando o estudante decora o assunto, o conteúdo é gravado na cabeça, mas não significa que ele entendeu. O que é diferente de aprender, quando as informações ficam armazenadas na memória. Por isso, aprender com calma é bem mais recomendado.

Outro fator que influencia nessa falta de eficácia é que em uma prova como o Enem, com 180 questões, fica inviável decorar tanto material.

A concorrência do Enem é consideravelmente grande

A concorrência do Enem é considerada alta. No primeiro semestre de 2023, por exemplo, as universidades públicas do país ofereceram 226.399 vagas em cursos de graduação, segundo o governo federal. Já segundo o Inep, 3.396.632 pessoas se inscreveram no exame. Levando em consideração ambos os números, a concorrência é de aproximadamente 15 candidatos por vaga.

Por outro lado, também é alta a quantidade de faltosos e de participantes que fazem a prova como treineiros.

Confira incríveis dicas de como se dar bem no Enem

Dois jovens estudando para o Enem, segurando lápis, caneta e com cadernos e folhas em cima da mesa

Levando em consideração como o tempo é um fator importante durante os estudos, o Jornal da Paraíba preparou incríveis dicas de estudo para se sair bem na prova do Enem. Se seguidas juntas ou de forma isolada, elas podem fazer com que o estudante se saia bem nas provas. Entre elas:

  • Conhecer bem o edital;
  • Como fazer um plano de estudos;
  • Descansar;
  • Se alimentar e dormir bem;
  • Priorizar assuntos mais difíceis;
  • Fazer revisões;
  • Usar mapas mentais e a técnica Pomodoro;
  • Resolver questões;
  • Treinar redação;
  • Acompanhar notícias importantes.

Conheça o edital do Enem 

O primeiro passo para fazer uma boa prova é conhecer bem o edital. No caso do Enem, por exemplo, o documento indica as diretrizes, os procedimentos e os prazos para participação no exame.

O edital do Enem 2023 foi divulgado pelo Ministério da Educação (MEC). Não há idade mínima, nem máxima, para fazer a prova. Também não existe uma exigência de escolaridade.

O edital também indica as datas e horários das provas, além dos prazos para divulgação do resultado.

Planeje seu tempo e monte um cronograma de estudos realista

O plano de estudos serve para que o estudante se planeje e dê conta do que precisa. Por isso, ele precisa ser realista: é preciso se organizar com as condições disponíveis.

O participante só deve incluir no cronograma o que realmente puder ser feito. Depois de levantar os temas que precisam ser estudados, é hora de encaixá-los no cronograma. Para evitar confusões, o ideal é seguir os seguintes passos:

  • Não colocar um horário grudado com o outro;
  • Dar espaço para pausas entre um horário e outro;
  • Não colocar muitas atividades em um mesmo dia;
  • Colocar uma carga horária em que você sabe que vai ter tempo e disposição para estudar.
  • Por fim, os participantes devem lembrar que, mesmo com a organização, não dá para controlar tudo. Os imprevistos acontecem e ninguém deve culpar a si por eles.

Não esqueça que pausas são importantes, reserve tempo para descansar

Diversos alunos que conseguem notas altas nas provas do exame revelam um segredo em comum entre as  principais dicas de como se dar bem no Enem: parar e descansar.

Reservar um dia na semana para assistir a um filme e comer pipoca, sair com amigos para conversar e se divertir, conhecer um lugar novo ou ir a um restaurante legal são algumas opções.

Outro fator importantíssimo é não se cobrar muito. A pressão em excesso é uma vilã que pode atrapalhar os estudos. Além do corpo, é preciso descansar a mente, com a consciência que é com constância que se evolui aos poucos todos os dias.

Inúmeros lápis de escrever dentro um porta-lápis que está sobre a mesa. Também sobre a mesa está um despertador, que simboliza um sono regulado, uma lupa, dois livros e uma maçã, que simboliza uma boa alimentação (que é uma das incríveis dicas de como se dar bem no Enem). Ao fundo da imagem há uma lousa

Cuide da alimentação e do sono, pois corpo e mente estão conectados

Para manter a energia durante os estudos, os candidatos devem manter uma boa alimentação. Segundo a nutricionista Daniela Sidaury, alimentos saudáveis devem ser prioridade na rotina dos estudantes. Isso também ajuda no controle do estresse e da ansiedade.

Para o café da manhã, frutas, ovos, queijos, tapioca, café ou chá são uma boa pedida. Ainda pela manhã, também é importante fazer um lanche com frutas cítricas, a exemplo de abacaxi, goiaba, laranja, e também a banana.

No almoço, a refeição deve ser o mais completa e colorida possível: salada crua, vegetais e legumes cozidos como alface, acelga, brócolis, tomates, beterraba, cenoura, acompanhadas de uma fonte proteica e os carboidratos para energia.

Outro elemento que garante energia e faz parte do processo de relaxamento é o sono. Para se manter saudável, o candidato precisa de sete a oito horas de sono por dia. Também é importante ir para a cama com a cabeça sossegada para que a noite seja restauradora e garanta o descanso necessário.

Priorize as matérias e assuntos que você tem mais dificuldade

As disciplinas que o estudante tem mais afinidade e tira de letra devem ser estudadas e revisadas de forma mais rápida, assim que ele sentir segurança.

Já as matérias que representam uma dificuldade maior devem ser priorizadas. Por isso, é importante dedicar a elas mais tempo para compreensão e revisão de materiais. 

Essas matérias mais difíceis também devem ser as primeiras a serem vistas.  Com o tempo, o candidato vai ter mais condições de se familiarizar.

O que não pode acontecer é evitá-las. Na verdade, elas precisam ser encaradas. Mas também é necessário ir com calma para o conteúdo ir sendo absorvido aos poucos, com a possibilidade de voltar para onde há dúvidas e esclarecê-las antes de seguir em frente.

Faça revisões

A revisão é um recurso fundamental para os estudantes.  Revisando, é possível lembrar de conteúdos vistos há mais tempo, como no começo do ano, por exemplo. Para revisar com e obter bons resultados, o ideal é seguir os seguintes passos:

  • Organizar quais os assuntos serão revisados;
  • Perceber em quais conteúdos há mais dificuldade para dar mais atenção a eles;
  • Escrever resumos e fichamentos para fixar as partes mais importantes;
  • Usar mapas mentais como recurso para memorizar;
  • Resolver exercícios para saber se a parte teórica foi fixada.

Conte com recursos como o Mapa Mental e a técnica Pomodoro

Os mapas mentais são ótimos para estudar e uma das principais dicas de como se dar bem no Enem. Com foco nas imagens, palavras-chaves e textos pequenos, eles são capazes de organizar o pensamento para identificar os temas mais importantes de cada matéria. Assim, o estudante ganha tempo para revisar os assuntos de forma mais rápida.

Para começar, o participante precisa de um mapa mental que apresente uma visão geral dos conteúdos mais frequentes nas provas. Depois, um mapa mental para cada um desses temas.

Além do mapa mental, outro recurso recomendado para otimizar os estudos e sempre deve ser considerado entre as dicas de como se dar bem no Enem é a técnica Pomodoro.

Tomate com timer, representando a técnica Pomodoro, sobre um caderno, ao lado de uma caneta. Mãos de uma pessoa jovem estão usando o teclado e mouse de um computador, simbolizando o ator de seguir dicas de como se dar bem no Enem

O método dura duas horas para a realização de atividades. Primeiro, o estudante faz uma atividade durante 25 minutos e descansa 5 minutos. Esse ciclo deve ser repetido até completar duas horas. Como recompensa, existe um descanso de mais 30 minutos.

Para seguir a estratégia do modo correto, é preciso um despertador e caderno ou aparelho eletrônico para anotar as atividades que devem ser cumpridas.

Treine com simulados, provas anteriores, exercícios e testes práticos

Depois de estudar e revisar qualquer assunto, é importante que o candidato coloque em prática o que aprendeu. Responder questões é uma forma eficiente de fixar o conteúdo e reforçar o aprendizado.

O participante pode selecionar perguntas dos temas que estudou em simulados, provas anteriores do Enem e outros exercícios disponíveis na internet.

Em algumas plataformas, inclusive, professores costumam oferecer as questões junto com a resposta e discussões sobre ela.

Também é interessante que o estudante monitore o tempo que gasta em cada questão e analise se o ritmo está de acordo com o necessário para os dias de prova.

Leia bastante e pratique a redação do Enem

A nota da redação corresponde a 20% da pontuação total do Enem. Por isso, a produção textual é um ponto do exame que merece uma atenção especial.

Para escrever bem, o candidato precisa de um bom repertório. Isso se consegue lendo jornais, revistas e livros, por exemplo.

Depois de ficar por dentro de diversos assuntos e estar munido de argumentos consistentes, os estudantes precisam praticar a redação. Vários estudantes que tiraram nota mil nesta parte do Enem revelaram que os treinos eram feitos pelo menos uma vez por semana.

Acompanhe as notícias para expandir seu conhecimento geral

Acompanhar as notícias para ampliar os conhecimentos gerais, especialmente sobre temas da atualidade, também é essencial para os candidatos do Enem.

Temáticas sociais, econômicas, políticas, de educação e saúde, por exemplo, estão sempre em pauta nos portais de notícias, telejornais, programas de rádio e outros produtos jornalísticos.

O interessante é ficar de olho em assuntos nacionais e internacionais, que geralmente são utilizados para contextualizar as provas de diferentes disciplinas.

Quer saber mais sobre dicas de como se dar bem no Enem e como estudar para as provas de forma prática e eficaz? A página Lá Vem o Enem reúne conteúdos direcionados para quem quer acompanhar as novidades e se preparar para o exame.

Resumo

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é uma etapa crucial para muitos estudantes que buscam ingressar no ensino superior. Sabendo disso, o Jornal da Paraíba preparou um guia completo com 11 dicas incríveis sobre como se dar bem no Enem.

É importante o estudante se preparar com antecedência, montar um cronograma de estudos, descansar, cuidar da alimentação e do sono, priorizar assuntos mais difíceis, revisar, usar mapas mentais e a técnica Pomodoro, resolver questões, treinar redações e acompanhar notícias importantes.

Com a alta concorrência no Enem, é essencial começar a preparação com antecedência. Para saber mais sobre uma rotina de estudos que auxilie na preparação e as melhores dicas de como se dar bem no Enem, acompanhe o Lá Vem o Enem.

source
Fonte: Jornal da Paraíba

Leia Também

Deixe seu Comentário