A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) debateu nesta terça-feira (20) o andamento da apuração das denúncias encaminhadas pela CPI da Pandemia sobre as condutas da Prevent Senior no atendimento de pacientes com covid-19. No dia 5 de fevereiro, o Ministério Público ajuizou uma ação civil pública contra a operadora de saúde, cobrando indenização de R$ 940 milhões por dano moral coletivo. As vítimas também cobram a responsabilização da empresa por meio de uma ação penal. Participaram da audiência pública na CAS representantes do Ministério Público, advogados e testemunhas.

source
Fonte: Senado Federal