Geral

Bolsonaro ameaça ficar fora da campanha se PL decidir apoiar Nunes para a Prefeitura de SP

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) já não esconde a interlocutores que não tem a intenção de apoiar a reeleição do prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), apesar do compromisso assumido pelo presidente de seu partido, Valdemar Costa Neto.

Se a legenda optar mesmo pelo apoio, Bolsonaro ameaça não dar as caras na capital paulista durante a campanha eleitoral de 2024.

  • Nas conversas no PL, Valdemar — que já se comprometeu com Nunes — mantém o apoio e diz que Bolsonaro é quem dará a palavra final sobre a disputa em São Paulo.
  • O ex-presidente, por sua vez, tem dito que quem manda é mesmo Valdemar, cacique da legenda e dono do caixa.

Quem Bolsonaro quer?

Bolsonaro tem reafirmado o desejo de ter o deputado federal Ricardo Salles (PL-SP) como candidato e tem argumentado que o partido não pode abrir mão de ter a cabeça de chapa na maior cidade do país.

Pelos cálculos de Bolsonaro, Salles tem condições de ajudar a puxar votos e fazer até oito vereadores das 55 cadeiras do legislativo municipal.

Na projeção do ex-presidente, Nunes não teria essa capacidade nem demostraria empenho em trabalhar por candidaturas bolsonaristas na Câmara.

Bolsonaro e “candidatos oportunistas”

A insatisfação de Bolsonaro é que o atual prefeito, apesar das diversas cobranças públicas, não faz gestos suficientes ao bolsonarismo.

Além disso, o ex-presidente reclama de “candidatos oportunistas” que usam seu nome para se eleger, mas depois não mantém fidelidade. Para Bolsonaro, Nunes indica ser assim.

Com PL, mas sem Bolsonaro

Diante do impasse e se o apoio do PL for mantido a Nunes, Bolsonaro já anuncia que não tem a intenção de “pisar em São Paulo” durante a campanha municipal. Nesse caso, a campanha de reeleição de Nunes teria o apoio do PL, mas não do ex-presidente.

Aliados do prefeito que participam das negociações de olho nas eleições de 2024 dizem que Valdemar segue mantendo o compromisso, apesar da pressão de Bolsonaro.

Por outro lado, interlocutores de Ricardo Nunes dizem que o prefeito, embora repita insistentemente que respeita Bolsonaro e quer seu apoio, sabe que o ex-presidente é uma “caixinha de surpresas”.

Procurado, o prefeito Ricardo Nunes não retornou aos contatos da reportagem.

source
Fonte : CNN BRASIL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *