Ex-vereador Zico Bacana e irmão são mortos a tiros no Rio

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

O ex-vereador Zico Bacana e o irmão Jorge Tavares foram mortos a tiros nesta segunda-feira (7) em uma padaria em Guadalupe, na Zona Norte do Rio. Um carro passou atirando na esquina das ruas Eneas Martins com Francisco Portela. O ex-vereador foi baleado na cabeça e não resistiu aos ferimentos. O irmão dele, Jorge Tavares, foi baleado nas costas e no pé e também não resistiu. Uma terceira pessoa foi baleada nas costas e no pé e foi levada para o Hospital Carlos Chagas, mas não corre risco de morte.

De acordo com informações iniciais, os dois irmãos estavam acompanhados de um segurança no momento do crime. O acontecido se deu a poucos metros da residência do ex-vereador. Zico Bacana era ex-policial militar e havia sido citado na CPI das Milícias em 2008, suspeito de ter ligações com grupos milicianos atuantes em Guadalupe.

Em novembro de 2020, ele já havia sido alvo de uma tentativa de homicídio, sendo baleado superficialmente na cabeça em um bar localizado em Ricardo de Albuquerque, também na Zona Norte do Rio. Em 2018, Zico Bacana foi ouvido como testemunha nas investigações do caso Marielle, tendo participado da CPI das Milícias. Não há indícios de sua participação no crime referente ao assassinato da vereadora.

Poucas horas antes do ataque, o ex-vereador gravou vídeos mostrando uma obra realizada pela prefeitura do Rio na Rua Manuel Barata. Zico Bacana era conhecido por ser engajado na política e utilizava suas redes sociais para discutir assuntos relacionados ao tema. Ele deixa esposa e três filhos. Ainda não foram divulgadas informações sobre o funeral dos irmãos.


source
Fonte : Gazeta do Brasil

Leia Também

Deixe seu Comentário