O Flamengo venceu o Boavista por 4 a 0 nesta terça-feira (20) pela nona rodada do Campeonato Carioca e garantiu matematicamente a classificação para as semifinais do estadual.

No Maracanã, Luiz Araújo e Pedro marcaram no primeiro tempo e Arrascaeta fechou o placar na segunda etapa, balançando a rede duas vezes.

Com o resultado, o Flamengo garantiu classificação antecipada para a semifinal do Carioca. Com a vitória, a equipe do técnico Tite chegou a 21 pontos, com só mais duas rodadas pela frente, não pode ser alcançado pelo quinto colocado Botafogo, que tem 14 pontos.

Além disso, ultrapassou o Fluminense no saldo de gols e assumiu a liderança do estadual.

Primeiro tempo

Intenso e dentro de sua proposta de jogo, recuperando a posse rapidamente ainda no campo de ataque, o Flamengo acuou o Boavista e precisou de poucos minutos para encaminhar a vitória. O primeiro gol saiu aos nove, com Luiz Araújo partindo para cima da marcação e finalizando da entrada da área. Aos 13, foi a vez de Everton Cebolinha fazer jogada individual e servir Pedro, que fez 2 a 0 de cabeça.

O Boavista mal conseguia manter a posse de bola e, defensivamente, não resistia ao poder de criação rival. Assim, o time de Tite foi criando chance atrás de chance – e as desperdiçando. Cebolinha tirou tinta do travessão. Luiz Araújo acertou a trave. Pedro se embolou e perdeu oportunidade na pequena área. Foram 16 finalizações do Flamengo antes do intervalo, mas a rede não voltou a balançar.

Pedro perde pênalti

A segunda etapa começou da mesma forma que a primeira terminou: com o Flamengo pressionando o Boavista. Por um capricho excessivo ou falta de pontaria, o Rubro-Negro seguiu desperdiçando várias oportunidades. Pedro, por exemplo, cobrou pênalti nas mãos do goleiro André Luiz aos 19 minutos. A cobrança foi ruim.

Arrascaeta estufa a rede!

Logo depois, o camisa 9 foi substituído por Gabigol. Assim como nos últimos jogos, a substituição gerou vaias seguidas de aplausos no Maracanã. Bruno Henrique também entrou, mas quem ampliou o placar foi Arrascaeta. Aos 25, o camisa 14 ficou com a posse dentro da área, driblou o zagueiro e encheu o pé: enfim 3 a 0!

“FlaUruguai” em ação

Sem forças para reagir, o Boavista seguia acuado e sem conseguir tirar a bola dos pés dos jogadores do Flamengo. Tite promoveu a estreia de Matías Viña. Por alguns minutos, a “FlaUruguai” esteve completa em campo, com De La Cruz, Arrascaeta e Varela. O lateral-direito foi o último a ser substituído por Tite, com Wesley entrando.

O entrosamento da seleção celeste funcionou, com De La Cruz servindo Arrascaeta aos 38 minutos do segundo tempo. O camisa 14 tocou na saída do goleiro do Boavista e marcou pela segunda vez, dando números finais à partida: 4 a 0.

Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo (25) pela décima rodada do Campeonato Carioca. O Flamengo tem pela frente o clássico contra o Fluminense, enquanto o Boavista enfrenta Sampaio Corrêa.

Flamengo 4 x 0 Boavista

Flamengo

Rossi; Varela (Wesley), Fabrício Bruno (David Luiz), Léo Pereira (Cleiton) e Ayrton Lucas (Viña); Igor Jesus, De La Cruz e Arrascaeta; Everton Cebolinha, Luiz Araújo (Bruno Henrique) e Pedro (Gabigol) – Técnico: Tite.

Boavista

André Luiz; Pablo Maldini, Sheldon e Gabriel Almeida; Alyson Vinícius, William Oliveira, Ryan Guilherme (Léo Costa) e Crystopher (Abner Vinícius); Matheus Alessandro (Erick Flores), Jeffinho (Matheus Ludke) e Matheus Lucas (Cristian) – Técnico: Filipe Cândido

Gols: Luiz Araújo (9’/1ºT), Pedro (13’/1ºT) e Arrascaeta (25’/2ºT e 38’/2ºT), do Flamengo.
Cartão amarelo: Matheus Lucas e Sheldon (BVT).
Cartão vermelho: Não houve.
Renda e público: R$ 1.074.925,50 / 34.220 pagantes / 35.713 presentes.

Motivo: Nona rodada da Taça Guanabara
Local: Estádio do Maracanã, no Rio De Janeiro (RJ)
Data e hora: 20 de fevereiro de 2024, às 21h30

Árbitro: Alex Gomes Stefano
Assistentes: Luiz Claudio Regazone e Hugo Filemon Soares Pinto
Árbitro de vídeo: Rodrigo Carvalhaes de Miranda

Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

source
Fonte : CNN BRASIL