Harry e Meghan são esnobados pela família real em ocasião importante sobre a rainha Elizabeth, diz jornal

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Príncipe Harry e Meghan Markle teriam sido, supostamente, esnobados pela família real britânica no evento que marca um ano da morte da rainha Elizabeth II. Segundo informações do The Sun, mesmo com viagem marcada para a Europa para os Jogos Invictus, o casal não recebeu um convite para a reunião íntima que acontecerá no Castelo de Balmoral, na Escócia, no dia 8 de setembro.

Harry e Meghan devem pousar em Düsseldorf, na Alemanha, cerca de 24 horas após a chegada da família real em Balmoral. Apesar disso, devido à rixa de longa data entre o caçula de Diana e seus familiares, os dois não devem comparecer à homenagem a antiga monarca.

“Não houve nenhum contato com eles”, revelou um insider ao tabloide britânico. “É triste, mas é o que é. Esta é uma família e também uma instituição”, acrescentou a fonte anônima.

O rei Charles e a esposa Camilla Parker-Bowles devem chegar no castelo escocês no dia 21 de agosto. Lá, eles passarão três semanas acompanhados pelo príncipe William, Kate Middleton, e os três filhos do casal, os príncipes George e Louis, e a princesa Charlotte.

Príncipe William e Kate Middleton com os filhos (Foto: Getty)

O príncipe Andrew e sua ex-esposa Sarah Ferguson também estão na lista de convidados, apesar das polêmicas protagonizadas pelo irmão de Charles, que foi acusado de abuso sexual por uma das vítimas de Jeffrey Epstein. O caso só foi encerrado na Justiça, pois Andrew e a acusadora, Virginia Giuffre, chegaram a um acordo extrajudicial.

Charles III e Camilla durante a coroação do rei. (Foto: Samir Hussein/WireImage)

Acredita-se que o duque e duquesa de Sussex não tenham sido convidados para nenhuma comemoração pública ou privada. No entanto, segundo a fonte, o casal, que não teve a chance de ver a rainha antes de sua morte, deve celebrá-la mesmo assim. “Se eles não estiverem incluídos em nenhum desses planos, eles encontrarão uma maneira de marcar a data à sua maneira”, pontuou.

Continua depois da Publicidade

A viagem de Harry e Meghan será sua primeira aparição conjunta na Europa desde o funeral da avó do príncipe, em 19 de setembro do ano passado. Rumores recente apontaram que, embora Charles não tenha de fato convidado Harry e Meghan para a viagem a Balmoral, ele manteve seus nomes na lista de convidados. Entretanto, o novo rei decidiu manter a reunião familiar o mais íntima possível.

A distância entre Harry e a família real não é recente. Desde o rompimento de seu papel como um membro sênior da família e o lançamento da biografia “O que sobra”, o relacionamento de Charles com o caçula ficou ainda mais tenso, especialmente devido às acusações contra a monarquia britânica, como o suposto vazamento de histórias para a imprensa, e ainda a má relação com Markle.

Continua depois da Publicidade

A rixa teria afetado até mesmo os planos para o aniversário de Markle, disse o The Mirror, que celebra 42 anos nesta sexta-feira (4). O veículo revelou que Meghan optou por uma celebração “discreta” este ano, em vez de ter uma festa mais chamativa, devido às acusações de que estariam “aproveitando-se da fama”.

No entanto, não passou despercebido pela web que as contas oficiais de Kate e William, bem como a de Charles e Camilla, ainda não desejaram um feliz aniversário à ex-atriz publicamente, mesmo sendo um protocolo da família compartilhar o parabéns nas redes sociais.

Siga a Hugo Gloss no Google News e acompanhe nossos destaques


source
Fonte : Hugo Gloss

Leia Também

Deixe seu Comentário