O Ministério da Ciência e Tecnologia pagou R$ 96.835 para fazer uma reunião de balanço das atividades da pasta em 2023 no Clube do Choro, em Brasília, em 19 de dezembro de 2023.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, a ordem de serviço foi assinada pelo chefe de gabinete da ministra Luciana Santos (PCdoB), Rubens Diniz, e por Lucielen Barbosa, chefe da assessoria do cerimonial.

+ Leia mais sobre Política em Oeste

O contrato foi firmado com a empresa Soluction Logística e Eventos e previa o fornecimento de 600 refeições, com valor total de R$ 30 mil.

Nas especificações, constavam uma opção de carne branca, uma opção de carne vermelha, um tipo de massa, três guarnições (arroz, feijão, legumes e batatas), duas opções de sobremesas (doces, frutas da época, gelatina e sorvetes) e bebidas (dois tipos de suco de fruta, dois tipos de refrigerante, sendo um diet, água e café).

+ Impeachment: pedido contra Lula tem mais assinaturas dos que os que derrubaram Dilma e Collor

O contrato incluia ainda louças, talheres e demais artigos necessários para montagem. O documento incluia também R$ 18 mil para montagem, manutenção e desmontagem de uma tenda.

Além de R$ 24 mil para cenografia — mobiliário, equipamentos tecnológicos e paisagismo — e R$ 20 mil para locação do espaço, entre outros itens. Os gastos da pasta acontecem em meio a um discurso do governo federal de austeridade fiscal.

+ STF mantém sigilo em vídeo de Moraes em aeroporto de Roma

Em nota, o Ministério da Ciência e Tecnologia informou que “o valor descrito na nota e ordem de serviço diz respeito a locação de espaço, alimentação e infraestrutura do evento de balanço das ações do ministério em 2023”.

“O evento foi seguido por uma confraternização por adesão que teve os custos rateados entre os servidores e colaboradores das diferentes áreas da pasta”, complementou.

source
Fonte : Revista Oeste