Na madrugada da última terça-feira (7/11), a residência dos pais de Bruna Biancardi, noiva de Neymar Jr, foi invadida e roubada por ladrões em Cotia, na região metropolitana de São Paulo. Um dos suspeitos já detido é um vizinho da influenciadora, que confessou sua participação no crime.

Eduardo Seganfredo Vasconcelos, de 19 anos, um dos envolvidos, revelou detalhes do incidente em seu depoimento, segundo o site Metrópoles. No relato, o plano inicial era roubar os pais do jogador. Seganfredo e seus comparsas, conhecidos como “Urso” e “Europa”, teriam consumido álcool e maconha antes de dirigirem-se ao condomínio onde residia a família de Eduardo. Lá, tomaram posse do veículo do padrasto e seguiram para a mansão dos Biancardi.

No depoimento, o jovem afirma não ter retido os itens roubados do casal, que incluíam aproximadamente três bolsas de luxo, cada uma avaliada em R$ 20 mil, além de cinco relógios e nove joias. Além disso, ele nega ter mantido as vítimas como reféns, alegando que apenas “transitou dentro da residência com seus comparsas”.

Durante o assalto, os pais de Bruna Biancardi foram amarrados e confrontaram momentos de tensão. Dois dos suspeitos estavam armados e procuravam por Biancardi e Mavie, gerando alarme entre os moradores do condomínio, que prontamente acionaram as autoridades.

A Guarda Civil Municipal atendeu ao chamado e prendeu Eduardo, que foi identificado por meio das câmeras de segurança e apontado como responsável por permitir a entrada dos demais criminosos. Em seu depoimento, o jovem manifestou arrependimento, alegando ter sido influenciado pelos comparsas.


source
Fonte : Hora Brasilia