Representantes dos 17 setores que mais empregam no país vão a Brasília esta semana para defender a manutenção da desoneração da folha de pagamento. Apenas no ano passado, essas atividades criaram 215 mil postos de trabalhos; sem a medida, até 1 milhão de vagas podem ser fechadas. Líderes do governo no Poder Legislativo se reuniram nesta segunda-feira (19) com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, para tratar da medida provisória que reonera a folha de pagamentos. O governo já admite alterar a MP para manter a decisão do Congresso, que no ano passado aprovou a manutenção do benefício; no entanto, não quer estender a desoneração até 2027, como aprovado por deputados e senadores.

source
R7